Bestiário

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Bestiário

Bestiários, na origem, eram livros produzidos na baixa Idade Média acompanhados por mensagens moralizadoras. Manufaturados por monges católicos, contavam histórias sobre animais e criaturas fantásticas. No século XIX, os contos originais, moralizantes e perturbadores, escritos por Charles Perrault e pelos irmãos Grimm, servem de referência não só conceitual como na construção imagética apropriando-se de ilustrações usadas em publicações de livros do gênero, além de publicidade do início do século XX.

O uso da xilogravura nesta série é um resgate da linguagem utilizada na manufatura dos bestiários originais e nas ilustrações dos livros do século XIX e XX, onde o leitor tem uma dimensão da realidade descrita através de ilustrações cavadas em madeira, que era o material utilizado também na impressão dos livros. A xilogravura como veículo é por sua essência única, ou exclusiva, e ao mesmo tempo de fácil reprodução, utilizando o meio de tiragens numeradas ou não, nas impressões.